Gratidão Iteana

SOBRE O SIGNIFICADO DE GRATIDÃO





Nesses anos em que participo do Grupo ITA-65, vinha-me frequentemente à cabeça que gostaria de agradecer aos amigos pelo companheirismo, pela dedicação e participação em nossas atividades em prol da humanidade. Queria agradecer aos companheiros por tudo que me tem dado, e tem sido muito.

Nessas condições, me vem à cabeça o Tratado da Gratidão de São Tomás de Aquino.

Todos aqui saberão que o Tratado da Gratidão de São Tomás de Aquino apresenta 3 níveis de gratidão: um nível mais superficial, um nível intermediário e um nível mais profundo.

O nível mais superficial é o nível do reconhecimento intelectual, o nível cerebral, o nível cognitivo do reconhecimento.

O segundo nível é o nível de agradecimento, do dar graças a alguém por aquilo que esse alguém fez por nós.

E o terceiro nível, o mais profundo do agradecimento, é o nível do vínculo, é o nível do sentirmos vinculados e comprometidos com as pessoas.

E, de repente, descobrimos uma coisa na qual nunca havíamos pensado:

-Que, em inglês ou em alemão, se agradece no nível mais superficial de gratidão. Quando se diz “thank you” ou quando se diz “Zu danken”, estamos a agradecer no plano intelectual.

-Que na maior parte das línguas européias, quando se agradece, agradece-se no nível intermediário da gratidão. Quando se diz “merci” em francês, quer dizer dar uma mercê, estar à disposição, dar uma graça. Eu estou-lhe grato por aquilo que você me trouxe, por aquilo que você me deu. Ou “gracias” em espanhol, ou “grazie” em italiano. Dou-lhe uma graça por aquilo que você me deu, e é nesse sentido que eu lhe agradeço, é nesse sentido que eu lhe estou grato.

-E que só em português, que eu conheça, que eu saiba, é que se agradece com o terceiro nível,  o nível mais profundo do Tratado da Gratidão. Nós dizemos “obrigado”. E quer dizer isso mesmo: fico-vos obrigado. Fico obrigado perante vós, fico vinculado perante vós. Fico-vos comprometido com um diálogo, agradecendo-vos o vosso convite, agradecendo-vos a vossa atenção. Fico obrigado, comprometido a continuar esse diálogo e a poder contribuir, na medida das minhas possibilidades, para os vossos projetos, para os vossos trabalhos, para as vossas reflexões.

É esse diálogo que eu quero, e é nesse preciso sentido que vos digo:

MUITO OBRIGADO!                                                                                       20/09/2020

Luis Washington T65

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.